Our Services

Ajuste de Status (Green Cards)

Nós temos representado inúmeros imigrantes indocumentados na suas aplicações para a residência permanente com base em suas relações familiares, tanto dentro dos Estados Unidos quanto no exterior.

 

A lei de imigração dos EUA está baseada no princípio da reunião familiar e geralmente é um processo de duas etapas. Primeiramente, um cidadão ou residente permanente dos EUA apresenta um “pedido de visto” para patrocinar seu parente para a imigração. Pode haver uma longa espera para o imigrante ser chamado depois que o pedido seja apresentado, dependendo do status do requerente e do tipo de relação familiar. Por exemplo, porque a lei limita o número de irmãos de cidadãos dos EUA que podem imigrar cada ano, há atualmente um acúmulo, e os imigrantes podem antecipar esperar uma década ou mais. Em outros casos, como no caso dos cônjuges, pais e filhos menores solteiros de cidadãos dos EUA, não há limites por ano e, consequentemente, não se tem que esperar.

 

Mesmo quando é a vez de um imigrante imigrar, o imigrante deve satisfazer certos outros requisitos para converter o pedido em um green card. Se o imigrante está nos Estados Unidos, o processo para requerer um green card é chamado de “ajuste de status.” Em geral, o imigrante deve mostrar que ele foi autorizado a entrar nos Estados Unidos por um oficial de imigração durante sua última entrada, para poder apresentar o seu pedido dentro dos Estados Unidos. Uma exceção existe onde o imigrante foi patrocinado no dia ou antes de 30 de abril de 2001. Se o imigrante é elegível para requerer dentro dos Estados Unidos, normalmente leva apenas quatro meses a partir da data de apresentação para ser entrevistado e receber uma decisão do status do green card. Os imigrantes podem ser representados por um advogado durante todo o processo — inclusive durante a própria entrevista.

 

Quando um imigrante está fora dos Estados Unidos, ou não qualifica para fazer o pedido dentro dos Estados Unidos, ele ou ela deve requerer um visto de imigrante no consulado dos EUA no exterior. Se o imigrante já morou ilegalmente nos Estados Unidos, ele ou ela pode estar castigado e obrigado a requerer um perdão por ter violado a lei anteriormente. Os imigrantes que passam um ano em situação irregular nos Estados Unidos são inelegíveis para receber um visto por 10 anos após sua partida. Isso cria um beco sem saída para muitos imigrantes com esperança de se legalizar basiado no pedido familiar: eles têm que sair para aproveitar o pedido do membro da família, mas a própria partida os torna inelegíveis para usá-lo. Felizmente, o DHS tem autoridade para perdoar estas transgressões anteriores, se a incapacidade do imigrante de entrar nos Estados Unidos causaria uma extrema dificuldade para um pai ou cônjuge que é um cidadão ou residente permanente dos EUA.

 

Se você se qualifica para o ajuste de status e precisa de assistência para requerer dentro dos Estados Unidos, ou se você tem que requerer um visto de imigrante e perdão no exterior, os advogados do Escritório de Advocacia Robert L. Lewis têm a experiência e dedicação para assegurar que seu pedido tenha a maior chance de sucesso.