Our Services

Asilo

Imigrantes que estão em risco de danos graves se eles voltam ao seu país podem ser elegíveis para o asilo. Nossa firma freqüentemente representa requerentes de asilo perante os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (U.S. Citizenship and Immigration Services) e os Tribunais de Imigração. Além de representar os requerentes que temem danos devido a opiniões políticas, a nossa firma tem uma vasta experiência em pedidos com base na orientação sexual, identidade de gênero e violência doméstica.

 

Para qualificar-se para o asilo, o imigrante deve demonstrar que ele ou ela tem um medo “bem fundamentado” de danos muito graves. Uma probabilidade de danos de um em dez é geralmente visto como razão bem fundamentada para temer danos. Se o imigrante sofreu danos graves no passado, a lei presume que isso vai acontecer novamente. O dano deve ser realizado por agentes de um governo ou por pessoas particulares de cujas ações o governo não vai proteger o imigrante. O imigrante deve provar que as suas características — raça, religião, nacionalidade, opinião política ou pertença a um grupo social particular — são uma razão central que ele ou ela é alvo de danos. Geralmente, o imigrante deve provar que não há lugar seguro dentro de seu próprio país que pode mudar-se. Por último, um pedido de asilo deve ser apresentado dentro de um ano da entrada para os Estados Unidos ou até 1 de abril de 1998, o que ocorrer por último. Importantes exceções se aplicam a esta regra, como quando um imigrante tem sofrido problemas de saúde mental como resultado de danos anteriores ou houve uma recente mudança de circunstâncias.

 

Os pedidos de asilo em geral devem ser apresentados ao DHS para os requerentes que não estão em processo de remoção. DHS realiza uma entrevista em um Escritório de Asilo perante um oficial especialmente treinado. As entrevistas ocorrem geralmente 30 dias após a apresentação. Se o pedido for aprovado, o imigrante recebe uma autorização de trabalho imediatamente e pode requerer um green card um ano depois. Se o pedido não for aprovado, e o imigrante não estiver em situação regular, ele será colocado em processo de deportação. Um Juiz de Imigração pode rever o pedido de asilo e dar uma nova decisão.

 

Pedidos de asilo exigem vasta documentação e argumentos jurídica. Os advogados do Escritório de Advocacia Robert L. Lewis têm ampla experiência com pedidos de asilo perante DHS e os Tribunais de Imigração. Nossos advogados compassivos podem ajudá-lo a compartilhar sua experiência e solicitar a proteção do governo dos Estados Unidos. Para mais informações, por favor nos ligue para uma consulta.